(Ficção | 2017)
Curta-metragem dirigido por Victor Ciriaco

 

 

Sinopse
As longas tardes marcam o último estágio de uma relação. Como uma boneca que sempre quis ter, Josy cuida de sua mãe. Seu corpo franzino e seus traços, que se confundem entre o masculino e o feminino, marcam a sua personalidade. Sua mãe, uma senhora debilitada por uma doença degenerativa, que a faz confundir o real e o imaginário, nunca teve uma relação tão próxima daquele filho quanto agora, que depende dele.

Durante toda sua vida, Josy lutou pela aceitação de sua mãe, a única pessoa que o importava. A doença, as longas tardes e os delírios trazem à tona um estreitamento de laços que tardou a acontecer.

 

Ficha Técnica
Direção: Victor Ciriaco
Roteiro: Victor Ciriaco e Helio Ronyvon
Assistência de Direção: Andre Santos
Produção Executiva: Diana Coelho e Winder Guedes
Direção de Produção: Babi Baracho
Assistência de Produção e Maquiagem: Débora Medeiros
Direção de Fotografia: Johann Jean
Assistência de Câmera: Raphael Silva
Preparação de Elenco: Marcia Lohss
Direção de Arte: Vitória Real
Assistência de Arte: Tereza Duarte
Som Direto: Sérgio Xavier
Produção de Elenco: Diana Coelho
Chefe de Elétrica e Maquinária: Cleyton Lima
Still e Making Of: Pedro Medeiros
Mixagem: Ricardo Felix
Montagem: Pipa Dantas
Finalização: Johann Jean
Motorista: Alessandro Costa (Boca)
Acessibilidade: Elizabeth Garcia e Rafael Garcia (audiodescrição e legendagem), Babi Baracho (locução da audiodescrição), Alane Lobato – Cultura de Valor (intérprete de libras)
Designer: Virna Varela
Contador: Augusto Neto
Música: Milagre da Vida (Xuxa Meneghel)
Elenco: Silvero Pereira como Josy Proença Meneghel | Arly Arnaud como Laurinda

Patrocínio:
Prefeitura do Natal (Funcarte)
BRDE
ANCINE – Agência Nacional do Cinema
FSA

Coprodução:
Mangue Filmes
Coletivo Caboré Audiovisual

 

Festivais

  • Mostra Trinca Audiovisual (RN)
  • 5º Recifest (PE)
    Prêmio “7ª Arte e Direitos Humanos”
    Menção Honrosa da FEPEC – Federação Pernambucana de Cineclubes
  • I Festival Sertão e Diversidade (CE)
  • 4ª Mostra de Cinema de Gostoso (RN)
    Melhor Filme
  • 15º Curta Santos (SP)
  • 12º Comunicurtas (PB)
    Melhor Filme de Ficção
    Melhor Filme – Júri Popular
    Melhor Roteiro
    Melhor Ator
    Melhor Atriz
  • Cine Bodó (AM)
  • Psicodália 2018 (SC)
  • Cine Verão (RN)
    Melhor Filme – Júri Popular
  • Burburinho Audiovisual 2018 (RN)
  • 17ª Mostra do Filme Livre (RJ)
  • Mostra Sesc de Cinema (Estadual – RN)
  • Festival Mimoso (BA)
  • 11º Curta Taquary (PE)
    MELHOR ATOR
    MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
    PRÊMIO ABD-PE/APECI
  • II Festival de Cinema do Paranoá (DF)
    MELHOR ATOR
  • I Festival de Cinema de Rua de Remígio (PB)
  • 3º DIGO (GO)
    MELHOR ATOR
    MELHOR DIREÇÃO
  • Curta Caicó (RN)
    MELHOR FILME
    MELHOR ROTEIRO
    MELHOR DIREÇÃO
    MELHOR ATRIZ
  • 9º Goiamum Audiovisual
    MELHOR FILME
  • Cartas ao Mundão 2018
  • 8º Rio Festival de Gênero & Sexualidade no Cinema (RJ)
    MELHOR FILME
    Prêmio CTAv – Centro Técnico Audiovisual do MinC
    Prêmio CiaRio/ Naymar
  • Cine Curinga – I Mostra Alternativa de Audiovisual no Pium (RN)
  • 10º Visões Periféricas (RJ)
  • Festcine Poços de Caldas (MG)
  • FestCine Borborema
  • Festival de Curtas do Olhar Independente (RN)

 

Fotos: